Casais que assistem séries e filmes juntos, permanecem juntos

Você é daqueles que só assiste a nova temporada de Narcos, Orange is the New Black ou Game of Thrones junto com sua parceira? Se positivo, talvez o sucesso do seu relacionamento esteja totalmente ligado a isso!

Um estudo recentemente realizado por Sarah Gomillion e publicado no Journal of Social and Personal Relationships apontou que casais que acompanham séries, filmes e até compartilham livros são mais felizes.

Isso acontece porque a sensação de proximidade é a semelhante a estar no mesmo grupo de amigos. Essas experiências criam um sentimento de identidade comum, que ajuda os casais a se sentir como eles estão ligados.

Com a vida atribulada, uma rotina profissional e de compromissos que impedem a realidade social compartilhada (ter amigos em comum, frequentar cursos, escolas e ambientes), Sarah Gomillion propõe que casais possam compensar essa carência na forma de assistir programas de TV, séries ou filmes favorito.

Para comprovar isso, os estudiosos passaram pouco mais de um ano e quatro meses acompanhando os relacionamentos de 259 estudantes da universidade. Os entrevistados foram perguntados se eles e seus parceiros pertenciam aos mesmos círculos sociais. Eles também informaram sobre a quantidade de tempo que passamos juntos, seu uso de mídia compartilhada, e sua proximidade geral. Para avaliar o uso de meios compartilhados, os participantes classificaram a frequência, prazer e importância de compartilhar vários tipos de mídia (programas de TV, filmes, livros) com seus parceiros.

Os resultados mostraram que, em geral, compartilhar mais mídia com o parceiro foi associada com maiores sentimentos de proximidade e compromisso. Mas o efeito positivo foi bastante pequena para casais que já tinham muitos amigos comuns. Sua necessidade de uma realidade social compartilhada já estava sendo atendida, com ou sem vínculo sobre a mídia.

O consumo de entretenimento compartilhado foi especialmente benéfico para os casais que não tinham uma rede social mútua forte; isso era verdade, independentemente de como os casais passavam tempos juntos.

Os autores também descobriram que a falta de um grupo de amigos ou atividades em comum compartilhada com o seu parceiro fazem você inclinar-se para compensar isso, buscando experiências de mídia compartilhadas.

Por isso, a próxima vez que você sentir o desejo de maratonar uma série, considere compartilhar o sofá com sua parceira.

0 respostas

Deixe uma resposta

Participe da discussão.
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *