Como lidar com a rotina?

Presos na rotina? Veja o que fazer para dar um UP!

Veja o que fazer para sair da rotina e melhorar sua vida sexual

Quando o assunto é sexo, é muito comum ouvir sobre a famigerada “rotina”, principalmente em se tratando de parceiros que estão juntos há muito tempo.

A questão, no entanto, não é a rotina propriamente dita, mas como ela afeta cada um. Se ela não tem impacto no relacionamento ou na felicidade do casal, então não deve ser tratada como um problema. O inverso também é verdadeiro.

Como dificilmente ouvimos alguém elogiar a rotina, entendemos que grande parte das pessoas desejam se livrar dela. Se esse é o seu caso e você não sabe muito como fazer, separei algumas dicas para ajudar:

Leia também:

– Por que você devia conversar mais sobre sexo:

– Você está num relacionamento sem sexo?

– 4 Atitudes que podem acabar com o seu relacionamento

 

Reserve um tempo para pensar nos seus desejos

As necessidades sexuais podem mudar com o tempo, por isso é importante reservar um tempo para se concentrar em novas ideias e desejos que você gostaria de realizar. Além de servir para nos dar direção, essa atitude é um bom ponto de partida para saber como anda a relação, se você está num ambiente seguro e se sente confortável com seu parceiro.

Para isso, abra um diálogo consigo mesmo e se isso for difícil, tente descobrir por que você se sente ansioso nesta situação.  Se você sente dificuldade ou fica desconfortável em pensar sobre sexo, consultar um terapeuta sexual pode ajudá-lo a trabalhar seus sentimentos.

 

Converse com seu parceiro

No começo pode ser embaraçoso discutir a vida sexual com o parceiro, especialmente se isso nunca aconteceu dentro do relacionamento antes. Mas vale lembrar, que conversar sobre como você gostaria que sua vida sexual fosse é o primeiro passo para fazer as coisas de maneira diferente.

Dessa forma, busque conversar abertamente, sem julgamentos ou preconceitos. Uma boa dica é não falar sobre isso no quarto, ou no local onde vocês geralmente têm relações, para reduzir a ansiedade e a pressão do momento.

 

Concentre-se nos aspectos positivos

Compartilhar com seu parceiro o que você gosta ou o que ele (a) gosta pode facilitar a discussão sobre a vida sexual do casal e, principalmente, sobre o que você gostaria de fazer diferente.

Às vezes, ambos sentem que poderiam mudar algo, mas nenhum dos dois inicia a conversa. Diante disso, é preciso ter coragem e dar o primeiro passo, compartilhando não só desejos sexuais, mas sentimentos também.

Por isso, deixe claro que essa conversa serve para estreitar ainda mais os laços da relação e que a liberdade de tê-la é fruto de muito amor e carinho construídos ao longo do tempo.

 

Nem tudo se resume ao sexo

Muitas pessoas chegam ao consultório reclamando sobre a necessidade de mudar a rotina e sobre como a vida sexual estagnou. Mas no decorrer da conversa, é possível notar que nem sempre as habilidades sexuais são o problema, mas sim, a falta de romance.

É comum o engano sobre desejar ser conquistado e desejar novas experiências sexuais.

O desempenho na cama não está separado de tudo o que acontece na vida do casal, e geralmente, é um reflexo do que está certo ou errado.

Por isso, aposte no carinho, na atenção e procure ser para o seu parceiro o que você gostaria que ele fosse para você. Toque no assunto de forma cuidadosa e expresse seu desejo de construir uma relação ainda melhor.

 

Faça você a diferença

As pessoas geralmente ficam preocupadas com que o parceiro pode pensar ou reagir, mas a verdade é que todo mundo gosta de ser surpreendido.

Diante disso, tome a iniciativa e tente experiências diferentes por conta própria. Por exemplo: separe uma noite para curtir um motel, compre um presente erótico ou faça um jantar surpresa.

Além disso, é importante evitar a previsibilidade: Você sempre faz sexo antes de dormir? Nos finais de semana? Se sim, é claro que o sexo pode não parecer tão apetitoso quanto uma boa noite de sono. Fazer sexo em um horário diferente do dia pode ajudar a criar uma rotina diferente.

 

Em algum lugar novo

Se vocês sempre fazem sexo no mesmo lugar, encontrar outro lugar para ser íntimo pode ajudar a mudar esse padrão monótono. Se o quarto foi eleito como o “ninho do amor”, tentem na sala ou em outros lugares.

Lembre-se de que fazer alterações pode levar tempo. Reconhecer isso ajudará você a se sentir mais confiante e aberto a novas ideias. Mesmo pequenas mudanças podem fazer toda a diferença.

 

A terapia sexual pode ser um divisor de águas!

Se você realmente deseja que seu relacionamento sexual atinja todo o seu potencial, reserve um tempo para conversar com o seu parceiro (a).

A comunicação é uma parte importante da construção de um ótimo sexo.

Além das dicas acima, existem diversas opções de tratamentos e acompanhamentos para ajudar o casal a dialogar sobre sexo. Mas eles devem ser guiados pelo terapeuta sexual.

Não importa qual seja o motivo que leve o casal a desejar uma vida sexual mais gratificante, é importante conversar e procurar alternativas. Todo relacionamento exige foco e dedicação.

Procure saber mais sobre Terapia Sexual e aconselhamento para o casal pelo telefone: (31) 3097-1308

Para ter acesso a mais conteúdos sobre Sexologia e Urologia, acompanhe nas redes sociais: @doutormax

0 respostas

Deixe uma resposta

Participe da discussão.
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *