Veja fatos sobre câncer de pênis que todos os homens da sua família deveriam saber

O câncer de pênis é um tumor raro, com maior incidência em homens a partir dos 50 anos, embora possa atingir também os mais jovens. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a doença está relacionada a baixas condições socioeconômicas e de instrução, má higiene íntima e a homens que não se submeteram à circuncisão, pois o estreitamento do prepúcio é um fator de predisposição.

Estudos científicos também sugerem a associação entre infecção pelo vírus HPV e ocâncer peniano. No Brasil, estima-se que esse tipo de tumor representa 2% de todos os tipos de que atingem o homem, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste do país.

Inchaço na extremidade do pênis, geralmente quando o prepúcio é retraído, pode indicar um possível sinal de câncer de pênis. Além disso, nódulos, pequenos edemas ou feridas e úlceras que sangram também podem indicar a doença.

Os homens ainda devem ficar atento a possíveis áreas que mudam de cor ou espessura, protuberâncias avermelhadas e secreções persistentes, com mau cheiro. Vale lembrar que, nem sempre, alguns destes sintomas indiquem, de fato, um câncer peniano, mas qualquer alteração na região deve ser observada por profissional da saúde para a realização de exames.

0 respostas

Deixe uma resposta

Participe da discussão.
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *