Muito tempo sem sexo

Sem sexo? Veja o que acontece com o seu corpo

Saiba o que acontece com seu corpo quando você não faz sexo por um tempo

Ficar sem fazer sexo por longos períodos de tempo não é incomum ou algo para se envergonhar – ao contrário do que estamos acostumados a ver em filmes e comerciais de TV.

As pessoas ficam sem sexo muitas razões, como a correria do dia-a-dia, questões de saúde ou por livre escolha.

Alguns acreditam que os encontros sexuais representam uma pressão adicional, desde o medo de uma gravidez indesejada até a dificuldade em encontrar um bom parceiro, enquanto outros simplesmente desistem do prazer sexual para preservar sua saúde psicológica ou até para cumprir uma tradição, como a quaresma.

Também temos aqueles que estão ocupados demais com o trabalho ou com os filhos e não sobra tempo para investir na paixão, ou preferem concentrar sua energia num novo projeto ou hobby.

E não podemos deixar de falar daqueles que não sentem falta do sexo e estão ótimos sem ele.

Leia também:

10 Benefícios do sexo para a saúde da mulher

7 Benefícios do sexo para a saúde

12 coisas que o seu urologista gostaria que você soubesse

Algo inesperado, no entanto, é que existem algumas consequências da abstinência sexual e algumas delas interferem diretamente na sua vida.  Mas é importante lembrar que não existe um tempo “ideal”. O importante é que você encontre o que funciona melhor para você.

 

Ansiedade e Estresse

Se você não faz sexo com seu parceiro com frequência, isso pode fazer com que vocês se sintam menos conectados, haja um menor envolvimento emocional e pouco espaço para diálogo.

O sexo faz seu corpo libera hormônios, como ocitocina e endorfinas, que são extremamente úteis no gerenciamento do estresse. A ocitocina tem o benefício adicional de relaxar e induzir o sono.

Sua memória pode começar a falhar

A pesquisa está nos estágios iniciais, mas alguns estudos mostraram que as pessoas que fazem sexo com mais frequência geralmente têm um funcionamento melhor da memória.

Há indícios de que o sexo pode ajudar o cérebro a desenvolver neurônios e a funcionar melhor de uma forma geral.

Todos nós já ouvimos falar sobre como o sexo deixa as pessoas felizes e menos estressadas, mas de acordo com alguns estudos científicos, as pessoas que fazem sexo regularmente também têm níveis de pressão arterial muito mais baixos do que quem que não faz.

Esse efeito está relacionado a liberação de endorfinas pelo organismo.

 

Seu sistema imunológico enfraquece

Se você está preocupado com a epidemia de coronavírus, talvez o sexo seja um aliado.

De acordo com a Men’s Health, um estudo psicológico descobriu que pacientes que fazem sexo uma ou duas vezes por semana tinham uma alta concentração de imunoglobulinab em sua saliva.

Este anticorpo é importante, em particular, para combater o resfriado comum.

 

Lubrificação da vagina

Se você é uma mulher que passou pela menopausa, então acabou de outro motivo para continuar fazendo sexo.

Sem relações sexuais regulares, sua vagina pode enrijecer e seus tecidos podem ficar mais finos, o que aumenta a probabilidade de ferimentos, machucados ou até sangramentos durante o sexo. Isso pode ser tão desconfortável que as mulheres com esses sintomas evitam fazer sexo, o que pode piorar as coisas.

Fazer sexo também pode protegê-la de outras alterações relacionadas à menopausa, como a secura vaginal e irritação. Se você tiver algum desses problemas, converse com seu médico sobre lubrificantes, hidratantes ou terapia de reposição hormonal.

 

Maiores riscos de câncer de próstata

De acordo com algumas pesquisas desenvolvidas por especialistas nos Estados Unidos, fazer mais sexo pode diminuir o risco de desenvolver câncer de próstata.

O estudo com quase 30.000 homens, demonstrou que aqueles que disseram ejacular mais de 21 vezes por mês, em média, tiveram menores chances de câncer de próstata durante a vida, em comparação com aqueles que ejacularam de quatro a sete vezes por mês.

De acordo com eles, isso reduz o o estresse e acelera o metabolismo celular a uma taxa constante.

Mas vale lembrar que fazer sexo desprotegido e se expor ao contágio de DSTs também é perigoso e pode influenciar muitos problemas de saúde. Então faça muito sexo seguro!

A prática regular da atividade sexual é muito benéfica para a saúde física e emocional, porque melhora o condicionamento físico e a circulação sanguínea, sendo uma ótima ajuda para o sistema cardiovascular.

Além disso, o sexo libera endorfinas e oxitocinas na corrente sanguínea gerando bem-estar, mas para alcançar esse benefício os parceiros devem estar à vontade um com o outro para haver demonstrações de carinho e afeto durante o momento.

Se você quer saber como melhorar sua experiência sexual, seu relacionamento ou você sofre com alguma disfunção sexual, agende sua consulta pelo telefone: (31) 3097-1308

Para ter acesso a mais conteúdos sobre Sexologia e Urologia, me acompanhe nas redes sociais: @doutormax

0 respostas

Deixe uma resposta

Participe da discussão.
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *